Transportadora em SantosTransporte de containers com autônomos de qualidade

23 de julho de 2018

Transporte de containers com autônomos de qualidade

O Porto de Santos é o maior da América Latina. Dessa forma, nele está concentrada uma grande quantidade de motoristas autônomos, que fazem o transporte de containers entre o porto e o interior do Brasil. Para trabalhar com esse tipo de profissional, as transportadoras em Santos precisam saber dialogar, de forma a reter os melhores motoristas.

Neste artigo, vamos dar algumas dicas sobre como montar um time de motoristas autônomos de qualidade.

Relação Transportadora // Motorista Autônomo

Antes de tudo, o modo como os programadores da transportadora lidam com os carreteiros autônomos que compõem sua carteira fundamental para consolidar um grupo de motoristas de confiança. Para estabelecer uma relação de parceria e fidelidade, o programador deve se portar com transparência, flexibilidade e clareza ao expor as situações/condições da operação.

Dessa forma, clareza, firmeza e objetividade são essenciais no momento de passar para o motorista as informações relacionadas ao serviço. Quanto mais ágil e preciso for o programador, menores as margens para dúvidas e a necessidade de renegociação das condições. Além disso, flexibilidade e jogo de cintura são extremamente importantes. Visto que cada pessoa possui um perfil comportamental, os motoristas nao são diferentes: alguns são mais impacientes e imediatistas, outros são ponderados e racionais. Essas particularidades devem ser respeitadas para manter uma relação profissional saudável, de forma a tornar o transporte da carga menos complexo para todos.

Dado que o transporte de containers é um serviço bastante complicado, onde frequentemente terminais levam horas para retirar ou entregar um container, ou clientes levam um dia inteiro para ovar ou desovar uma carga, o controle do stress se torna algo importante. Um carreteiro menos estressado é um carreteiro pré-disposto a atender às demandas da transportadora e do importador/exportador, entendendo possíveis imprevistos que ocorrem no dia a dia das operações e tendo mais chances de ser “fidelizado”.

A Troca de Informações Entre Transportadoras e Motoristas

Com a chegada da era digital, e sua consequente popularização, a comunicação foi facilitada, ganhando eficiencia e eficácia. Com a utilização do Whatsapp, por exemplo, a troca de mensagens permite o registro do que foi acordado, além do envio de documentos (como ordem de coleta, instruções, bookings e notas fiscais) e de fotos da estufagem, dos dados do container e do lacre, das condições do caminhao, dentre outras, diminuindo a quantidade de erros de digitação.

Registro de Transportes Realizados

Por fim, é muito importante ter o controle das informações e histórico de transportes realizados com cada motorista, constando quantidade de fretes realizados por cada um deles, índice de incidência de imprevistos, faixa de frete praticado, traços marcantes e evidentes de personalidade, rotas que fez pela empresa, dentre outros. Tais registros ajudarão na busca por um autônomo adequado para cada tipo de operação e na seleção dos melhores para composição da equipe de motoristas da transportadora.

 

Com esses 3 pontos colocados em prática, há grandes chances de formar um grupo de carreteiros competentes e comprometidos, pois consegue-se separar motoristas ruins, que não cumprem horários acordados e não atendem as demandas da empresa, dos motoristas bons e competentes, que são conhecidos, confiáveis e fáceis de se trabalhar.

Tags: transporte de containerstransporte em santosterceirização de frota

Artigo redigido em parceria da Transportadora Bravo com a RodoQuick Transportes.

Entre em contato para solicitar uma cotação

Quem Somos

Especializada no transporte de containers, a Transportadora Bravo transporta cargas entre o porto de Santos e a planta/armazém de importadores e exportadores em todo o Brasil
Estrada para transporte de carga

Transportadora Bravo | Todos os direitos reservados